18 de jan de 2011

Ao Redentor


Para alguns acontecimentos nenhuma palavra de consolo é suficiente, nenhuma ajuda é o bastante, só o tempo pode apaziguar.

Todo auxílio e toda palavra no entanto são bem vindas, o apoio fraterno por mais vago que possa parecer diante de uma crise é fundamental. Nessas horas voltamos a ser humanos e é importante aproveitarmos isso...

Nesses dias tenho procurado dar bastante carinho a aqueles com quem convivo. É sempre válido observar o quanto somos frágeis e quanta fartura e felicidade temos à nossa volta e não percebemos. Num dia festejamos o reveillon e posamos para a fotografia, e num outro dia, na foto seguinte podemos não estar presentes...

Enquanto desenho, reflito e faço minhas orações e de longe peço que alguma paz possa ser levada aos irmãos fluminenses. Que em todos os corações mantenha se firme a presença do Redentor.

3 comentários:

Juliana disse...

Lindas palavras meu amigo querido...

Alex Genaro disse...

Suas composições são sempre muito bacanas meu amigo.

Fiquei curioso para ver essa foto que vc catou para a Valkiria.

Um Grande abraço

Nasci disse...

Olá Ju, seja bem vinda à casa. Há tempos não conversamos, aqui é um lugar que nos encontraremos com frequencia. Saudades, Grande Abraço...

Grande Genaro, falei da foto mas não sei onde a coloquei. A hora que eu achar te mando. Abração